Miami: Villa Vizcaya Museum and Gardens

Vizcaya blog 30

Vizcaya foi com certeza meu lugar favorito de visitar em Miami. Villa Vizcaya é uma daquelas mansões de milionários (nesse caso, James Deering) que, após a morte do dono, viraram museu. É um lugar incrível, que já começa impressionante na entrada: o visitante é recebido por uma mata densa, estátuas gregas, e – finalmente – uma magnífica mansão branca.

Vizcaya blog

Vizcaya blog 1

Vizcaya blog 2

Vizcaya blog 3

É proibido tirar fotos dentro da mansão, o que é uma pena, pois o interior é maravilhoso. Todos os ambientes da mansão estão preservados com a decoração de James Deering; ou melhor, a decoração paga por ele, pois contratou o equivalente a um “designer de interiores” da época para mobiliar sua mansão. James Deering, como todo milionário que se preze, tinha decorações mirabolantes para todos os seus quartos; cada um com um tema, seja grego, barroco, renascentista, etc. Além de decoração, ele também buscou instalar em sua mansão todas as novidades tecnológicas da época, como o primeiro telefone de Miami, e um elevador.

Vizcaya blog 4

Vizcaya blog 30

Vizcaya blog 22

Vizcaya blog 19

Apesar de ser triste o fato do interior não poder ser fotografado, a mansão não é o único atrativo de Vizcaya – que, afinal de contas, se chama Vizcaya Museum and Gardens. Vizcaya tem aproximadamente 10 acres de jardins (de 50 acres no total, grande parte dele floresta), cuidadosamente arquitetados com fontes, estátuas, e até uma pequena capela.

Vizcaya blog 5

Vizcaya blog 6

Vizcaya blog 7

Vizcaya blog 12

Vizcaya blog 13

No fundo da propriedade está provavelmente minha parte favorita da mansão inteira: a parte da mansão que dá para o mar. O fundo da Mansão não é uma parede, mas sim um grande painel de vidro; e a sensação de estar andando pelos quartos e de repente dar de cara com a barcaça ancorada no mar, apenas a alguns metros de você está, é indescritível.

Vizcaya blog 11

Vizcaya blog 28

Vizcaya blog 29

Vizcaya blog 32

O exterior de Vizcaya é separado por jardins – jardim italiano, francês, etc -, todos interligados, e cheios de detalhes. Você pode passar horas andando pelos jardins sem se cansar de todos os detalhes (o que, de fato, foi o que fiz).

Vizcaya blog 24

Vizcaya blog 26

Vizcaya blog 25

Vizcaya blog 20

No exterior da Mansão ainda há um café, caso os visitantes percam noção do tempo e acabem passando do horário do almoço (de novo, o que aconteceu comigo!).

Vizcaya blog 27

Vizcaya blog 17

Vizcaya blog 33

Eu e minha irmã saímos de lá brincando que a partir daquele dia, essa mansão seria nossa nova casa – e continuamos dizendo isso até hoje. Realmente nos apaixonamos pelo lugar. Seriamente consideraria voltar para Miami só para visitar Vizcaya mais uma vez!

Vizcaya blog 34

Vizcaya está cobrando 18 dólares por adulto como entrada. Para saber mais sobre o Museu, clique aqui. Para ver mais fotos que tirei durante essa visita, clique aqui.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s