Lançamentos: Livros YA LGBT para o segundo semestre de 2016

lancamentos-ya-lgbt-para-o-segundo-semestre-de-2016

Esse é um post inspirado em duas partes: a primeira, obviamente, é minha animação com todos os livros aparentemente incríveis que serão lançamentos nesse segundo semestre, e minha vontade de compartilhá-los com vocês. Já a segunda inspiração para esse post foi minha pequena chateação com as editoras brasileiras que, ao contrário das editoras americanas, não falam sobre seus lançamentos com antecedência. Enquanto eu já sei de praticamente todos os livros que serão lançados em 2016 na gringa, não sei direito nem dos livros que serão lançados aqui no Brasil nesse mês. Então, além de divulgar os lançamentos, esse post é um discreto pedido para as editoras brasileiras: melhorem, migas. Não custa nada fazer um publieditorial basiquinho com as datas de todos os lançamentos do semestre. Isso só vai ajudar nas vendas, prometo.

Mas enfim! Essa lista é para todos aqueles que, como eu, estão sempre á procura de livros com temas ou personagens lgbt. Esse segundo semestre está bombando com lançamentos, com opção para todos os gostos. Exceto para os gostos que excluem literatura YA, é claro, mas se você é um desses com preconceito contra o gênero Young Adulto, aceite também o meu concelho para as editoras brasileiras e: melhore. Tem muita coisa boa vindo por aí que não merece ser perdida só porque “eca é YA”, heim.

Como a lista de lançamentos será só de livros internacionais – porque, como disse no primeiro parágrafo, simplesmente não dá pra saber com antecedência os lançamentos brasileiros -, resolvi fazer uma listinha rápida dos lançamentos lgbt no primeiro semestre de 2016 aqui no Brasil. Assim, você que não consegue ler livros internacionais (seja por conta de não saber inglês, ou por conta de dinheiro – entendo e apoio ambos os campos, não tem nada de errado com vocês, bjs), pode checar se já leu todos os livros dessa lista enquanto espera por mais lançamentos nacionais.

Então, como disse, a lista rápida dos lançamentos lgbt do primeiro semestre de 2016 no Brasil, listados por mês:

  • Fevereiro: Simon vs A Agenda Homo Sapiens, da Becky Albertalli – YA contemporâneo, representação lgbt em romance entre dois garotos. Resenha do livro aqui.
  • Março: Lucas e Nicolas, de Gabriel Sptis – Livro brasileiro; YA contemporâneo, representação lgbt em romance entre dois garotos.
  • Abril: Além-Mundos, de Scott Westerfeld – YA contemporâneo/paranormal, representação lgbt em romance entre duas garotas.
  • Maio: 1+1: A Matemática do Amor, de Vinicius Grossos e Augusto Alvarenga – Livro Brasileiro; YA contemporâneo, representação lgbt em romance entre dois garotos.
  • Maio: Carry On, de Rainbow Rowell – YA de fantasia, representação lgbt em romance entre dois garotos. Resenha do livro aqui.
  • Junho: Six of Crows, de Leigh Bardugo – YA de fantasia, representação lgbt em dois personagens masculinos não-hétero, promessa de romance no segundo livro da série. Resenha de Six of Crows aqui.
  • Julho: Apenas um Garoto, de Bill Konigsberg – YA contemporânero, representação lgbt em um protagonista gay.
  • Julho: Um Tom Mais Escuro de Magia, de V. E. Schwab – YA de fantasia, representação lgbt em personagem secundário pansexual, promessa de romance no segundo livro.
  • Julho: George, de Alex Gino – Livro Juvenil contemporâneo, representação em protagonista transgênero.

Fazem parte dessa lista dois livros nacionais, um livro sobre garotas se apaixonando, e um livro sobre uma protagonista transgênero. Os números poderiam ser maiores, mas apenas o fato de que eles estão nessa lista já é algo bastante positivo. E para leitores procurando mais livros lgbt sobre garotas ou personagens trans, os lançamentos do segundo semestre irão agradar. 🙂

Fechando a lista de lançamentos nacionais e abrindo a lista de lançamentos do segundo semestre está The Raven King, da Maggie Stiefvater, livro final de A Saga dos Corvos. Não é um livro da lista “0ficial” de lançamentos porque ainda não há uma data certa para o lançamento brasileiro; mas já sabemos que ele será lançado por aqui em outubro, então preparem seus bolsos (e corações)! Já escrevi minha resenha sobre The Raven King aqui, caso estejam interessados em saber minha opinião (resumo: amei, mas sei que outras pessoas talvez não sejam fãs do final). Não se preocupem, a resenha está livre de spoilers. Vou deixar o post de discussão (esse sim com spoilers) para a época do lançamento brasileiro.

Mas agora sim, aos lançamentos do segundo semestre de 2016:

girl mans upGirl Mans Up, de M-E Girard
Data de Lançamento: 6 de setembro de 2016
Representatividade: protagonista lésbica

Pen é uma garota lésbica que sofre pressão de sua família e amigos para se comportar “mais como uma garota”; mas Pen não quer ser a “garota ideal”, e sim a garota que sempre foi. Girl Mans Up é o primeiro livro que eu vejo tratar não só de garotas lésbicas “masculinas” (“dykes”, “butch”, “caminhoeiras, “sapatas”, etc), mas também tratar da expressão de gênero: Pen não se identifica como trans, ela apenas se comporta de maneira que a sociedade considera masculina.

as i descendedAs I Descended, de Robin Talley
Data de Lançamento: 6 de setembro de 2016
Representatividade: romance entre garotas

As I Descended é uma adaptação moderna de Macbeth, onde as namoradas Maria e Lily criam um plano para conseguir a bolsa de estudos que a maioria da escola acha que Delilah, garota mais popular da escola, irá ganhar. Maria e Lily farão de tudo para “roubar” o lugar de Delilah, fazendo uso até dos rumores de magia negra que rodeiam sua escola.

 

labyrinth lostLabyrinth Lost, de Zoraida Córdova
Data de Lançamento: 6 de setembro de 2016
Representatividade: protagonista bissexual

Alex é uma bruxa extremamente poderosa, mas odeia seus poderes. No Dia dos Mortos, Alex executa um feitiço para se livrar de seus poderes, mas algo dá errado e sua família inteira acaba desaparecendo. Agora Alex precisa ir para Los Lagos, uma terra entre os vivos e mortos, para procurar sua família; e poderá contar apenas com a ajuda de Nova, um bruxo suspeito, e Rishi, uma garota misteriosa.


coilsCoils
, de Barbara Ann Wright
Data de Lançamento: 13 de setembro de 2016
Representatividade: protagonista lésbica

Cressida cresceu em uma família adoradora dos mitos gregos, mas ela sabe que essas histórias não são reais… até que sua tia Jude diz que achou a entrada para o Mundo dos Mortos, e logo depois desaparece. Cressida parte em uma jornada no Mundo dos Mortos para encontrar sua tia, e em seu desespero, pede ajuda para Medusa. A semi-deusa aceita ajudar Cressida, mas pede um pequeno favor em troca: um assassinato.


when the moon was oursWhen the Moon Was Ours, de Anna-Marie McLemore

Data de Lançamento: 4 de outubro de 2016
Representatividade: garoto trans

Miel e Sam são melhores amigos, conhecidos por serem tão inseparáveis quanto são estranhos. Rosas crescem dos pulsos de Miel, e Sam pinta luas e as pendura em árvores. Apenas as irmãs Bonner são consideradas mais misteriosas que Miel e Sam, e rumores dizem que essas irmãs são na verdade bruxas. Agora, as irmãs Bonner querem as rosas de Miel, e farão de tudo para conseguí-las, fazendo uso de todos os segredos que Miel e Sam tentam proteger.

beastBeast, de Brie Spangler
Data de Lançamento: 11 de outubro
Representatividade: garota trans

Mais alto, mais forte, e mais peludo do que os outros garotos de 15 anos, Dylan odeia seu corpo, e odeia como os outros os tratam diferentemente por conta de sua aparência. Após um acidente ao cair do prédio da escola, Dylan é obrigado a fazer terapia, e se recusa a colaborar com as sessões em grupo, até que conhece Jamie: uma garota inteligente, engraçada, e a menina mais bonita que Dylan já viu. Os dois rapidamente se apaixonam, mas Dylan não sabe algo sobre Jamie, algo que ela revelou na primeira sessão de teoria em grupo: ela é uma garota trans.
Esse livro me interessou por ser uma adaptação moderna de A Bela e A Fera, mas o modo como o sumário trata a identidade de Jamie (como um “segredo”, um “elemento para causar surpresa e choque”, algo que Dylan terá que “descobrir” e “lidar com”) me deixou com um pé atrás… até que Meredith Russo – autora de If I Was Your Girl e escritora trans – escreveu uma resenha elogiando Beast. Então resolvi dar uma chance a esse livro.

tattoo atlasTattoo Atlas, de Tim Floreen
Data de Lançamento: 18 de outubro de 2016
Representavidade: romance entre garotos

Segundo livro de Tim Floreen, autor de Willful Machines, Tattoo Atlas segue a linha do primeiro livro do autor ao ser uma história de ficção científica com questões sobre moralidade, e o que é uma pessoa boa e uma pessoa má. O protagonisa do livro, Rem, viu um colega de classe, Franklin, cometer um crime horrível. Franklin foi diagnosticado como sociopata, e foi preso; e a vida de Rem continuou, até que, um ano depois, sua mãe escolhe Franklin como cobaia de um de seus experimentos. A mãe de Rem é uma cientista, criadora de um chip que “cura impulsos violentos e cruéis”, e Franklin será a primeira pessoa a passar por essa cirurgia. Rem tem suas dúvidas, mas após a cirurgia, Franklin realmente parece uma pessoa nova, e os dois acabam se apaixonando… até que outro colega de classe é encontrado morto, e Rem precisa descobrir se Franklin realmente mudou.

timekeeperTimekeeper, de Tara Sim
Data de Lançamento: 1 de novembro de 2016
Representatividade: romance entre garotos

O livro mais antecipado dessa lista, Timekeeper conta a história de uma Londres Vitoriana onde as torres de relógio controlam o tempo – literalmente. Uma torre defeituosa pode atrapalhar o tempo, e uma torre destruída faz o tempo parar. Danny é um mecânico de relógio prodígio, obcecado em encontrar um meio de salvar seu pai – preso em uma área onde o tempo parou. Seus superiores, preocupados com essa obsessão, mandam Danny para Enfield, uma cidade com uma torre problemática. Com uma nova torre vem um novo aprendiz, um garoto estranho e misterioso que logo prende a atenção do mecânico. Danny não sabe porque seu novo aprendiz está sempre tentando manter sua distância, até que descobre seu segredo: ele é o espírito da torre do relógio.

boy robotBoy Robot, de Simon Curtis
Data de lançamento: 11 de novembro de 2016
Representatividade: personagens lgbt

Boy Robot é o livro mais enigmático da lista, pois até mesmo sua sinopse não revela muito: Isaak, o protagonista do livro, descobre que ele é um “robô” – um humano criado sinteticamente, com habilidades especiais – e agora precisar fugir do governo que o criou. Apesar do sumário vago, as resenhas dos leitores que receberam um ARC (Advanced Reading Copy – Cópia de Leitura Avançada) de Boy Robot prometeram um livro pesado, cheio de violência, questões governamentais, e mais de um personagem lgbt. Confesso que estou muito curiosa para saber onde essa sinopse misteriosa vai dar!

of fire and starsOf Fire and Stars, de Audrey Coulthurst
Data de Lançamento: 22 de novembro de  2016
Representativade: romance entre garotas

Uma história de príncipes e princesas onde a princesa não se apaixona por quem deveria. A Princesa Dennaleia foi prometida para o príncipe de Mynaria desde seu nascimento. Denna sempre soube que seu casamento ajudaria a proteger seu reino; mas ela tem um segredo: ela consegue controlar o fogo, e em Mynaria magia é proibida. Denna precisa aprender a viver em um reino diferente do seu, enquanto guarda seu segredo e aprende a cavalgar os formidáveis cavalos de guerra de Mynaria antes de sua coroação. Mas mais aterrorizante que os cavalos é sua instrutora, a princesa Amaranthine, irmã de seu noivo. Após um assassinato abalar o reino, Denna e Mare são forçadas a trabalharem juntas para achar o autor do crime, e logo seus sentimentos se transformam em amizade… e algo mais.
Of Fire and Stars é uma história sobre conflitos políticos, reinos mágicos, e um romance proibido enter princesas; certamente um livro ambicioso, mas com grandes expectativas.

Essa é uma de lista de 10 livros incríveis para o segundo semestre de 2016 com personagens lgbt, mas não pensem que esses são os únicos lançamentos lgbt do ano! Escolhi os livros pelo qual estou mais animada, mas ainda há vários outros livros lgbt sendo lançados em 2016, em diversos gêneros e tratando de diversos temas. Se estiver interessado em descobrir mais lançamentos lgbt do segundo semestre de 2016, aconselho dar uma olhada nessa lista da Barnes and Nobles – todos os livros da minha lista estão aí, mas também há diversos outros livros sobre os quais não falei -, e essa lista no goodreads de todos os livros YA com personagens lgbt lançados em 2016 – há 195 livros na lista até agora, ou seja, opção é o que não falta. Para os leitores atrás de mais livros lgbt, não importa o ano de lançamento, aconselho dar uma olhada na minha tag de livros queer no goodreads – vocês poderão ver todos os livros com personagens lgbt que já li, e o que achei de cada um deles.

Como podem ver, não irá faltar opção de livros YA lgbt para serem lidos esse ano. Só resta escolher os livros que te interessam, esperar pela data de lançamento, e cair na leitura!

(Nota sobre a classificação dos livros: optei por usar “romance entre garotas” e “romance entre garotos” ao invés de “romance gay/lésbico” porque as primeiras opções deixam mais claro que os personagens nesse romance não são necessariamente gays/lésbicas – podem ser bissexuais, pan, etc.)

Para ver os Lançamentos do Primeiro Semestre de 2017, clique aqui.

Anúncios

7 comentários sobre “Lançamentos: Livros YA LGBT para o segundo semestre de 2016

  1. Pingback: Dez livros que li em setembro de 2016 | Raposísses

  2. Pingback: Vídeo: Leituras de Outubro 2016 | Raposísses

  3. Pingback: Lançamentos: Livros YA para o primeiro semestre de 2017 | Raposísses

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s